segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

'Esperança'


Há quanto tempo eu não te vejo

Você nunca mais apareceu

Sumiu sem dizer quando

E deixou um simplório eu

Se eu soubesse que esse seria o fim

Não teria dito aquele olá

Mas você sabe como eu sou

Não consigo me controlar

O escuro é só uma parte

Do meu, agora, vazio coração

Que espera a sua volta

Ansioso como o pulmão

Você levou meu ar

Bem como a emoção

Que escuso e lindo sentimento

É você. Amor, paixão.

--João Antonio --

Nenhum comentário:

Postar um comentário